Over the Garden Wall

Indicação: Over the Garden Wall – por Shah Aguiar

Over the Garden Wall é aquele medo encantador de histórias no sofá. Não importa se moramos no Brasil e não precisamos aquecer nossos lares no inverno, assistindo essa mini-série nos sentimos aquecidos por uma lareira, ouvindo um grande conto de fadas sombrio, iluminados por uma aura pueril. Algo que alguém como o criador de “Hora de Aventura” e “As Trapalhadas de Flapjack”, Patrick McHale, consegue transmitir de maneira única e espetacular.

A história narra basicamente dois irmãos que se perdem numa floresta misteriosa, Greg (Collin Dean) e Wirt (Elijah Wood). O lugar inspira medo e é chamado de O Desconhecido. Lá, encontram perigos como A Besta, amigos como Beatrice (Melanie Lynskey) e O Lenhador (Christopher Lloyd), além de seres falantes. Contudo, só o que desejam é retornar para casa em segurança. Wirt, o mais velho, é um adolescente cético, tímido e influenciável que vê no irmão Greg um pequeno transtorno em sua vida. Já o mais novo é criativo e feliz, adora sapos e balas, a personificação do espírito infantil e, talvez, o principal tema tratado na animação: a esperança. São personagens bem antagônicos que nos fazem repensar nossas atitudes em frente aos problemas no desconhecido que é a vida. Aliás, tudo isso foi muito bem colocado no vídeo abaixo, do Idea Channel, que explica como “Over the Garden Wall” pode ser uma parábola sobre a fé.

Outra personagem importante é Beatrice, um pardal azul falante que acompanha os meninos. O desenrolar da sua história é interessantíssimo e ela é a culpada por me fazer questionar sobre como a mini-série aborda a questão histórico-temporal. Principalmente porque até determinado momento não temos como saber em que época os meninos vivem, pois suas roupas são tão excêntricas quanto O Desconhecido, enquanto o lugar em si carrega uma aura clássica, como aquelas fotos amareladas do século XIX.

por asmithart no deviantArt

por asmithart no deviantArt

E as referências, ah, que maravilhosas. Incrivelmente sutis, alguns pontos parecem se ligar a diversos contos de fada como: Chapeuzinho Vermelho, João e Maria, Cinderela e até fábulas, já que os animais adquirem voz inesperadamente. Até o vento Norte, personagem chave em diversas histórias como “The Boy Who Went to the North Wind” aparece para Greg num sonho cujo qual é referência ao próprio Adventure Time. A titia Whispers e a velha senhora dona da pensão em A Viagem de Chihiro tem muito em comum também. Enfim, essa miríade de coincidências faz do desenho uma mistura de Hayao Miyazaki com irmãos Grimm moderno.

Tudo isso nos transportam à nossa própria infância, quando víamos O Fantástico Mundo de Bob e aqueles desenhos lindos do canal Cultura e Futura, como As Trigêmeas. Nos transportam também aos clássicos da Disney com suas musiquinhas, embalos no piano e a narrativa que alterna entre os momentos de descontração de Greg e as situações sombrias cheias de duplo significado. A própria arte alterna nos primeiros planos animados com fundos que parecem ter sido pintados ou retirados de um livro infantil. Eu me sinto abraçada.

Não tem nada mais gostoso que se sentir tão próxima da fantasia depois de já ter deixado de ser criança, e Over the Garden Wall nos traz muito mais que isso. É realmente uma mini-série que vale a pena ver e rever quantas vezes for possível, ainda mais se você está procurando uma história com um ar de mistério. Eu poderia até dizer que gostaria de ter mais episódios – são apenas 10, de aproximadamente 11 minutos cada – só pra explorar um pouco mais o mundo do Desconhecido. Mas a verdade é que Patrick fechou tudo muito direitinho. Resta-nos a vontade de explorar o nosso próprio Desconhecido.

Autora: @shahaguiar

*Over the Garden Wall foi nomeado ao Annie Award de “Best Animated TV/Broadcast Production For Children’s Audience” e “Outstanding Achievement, Directing in an Animated TV/Broadcast Production”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s