cubone

Os Suicídios da Cidade de Lavender – Lendas do Pokémon

Logo após o último Lendas do Pokémon, o nosso amigo @rodrigokruppa chamou a minha atenção para uma das lendas mais sensacionais e assustadoras envolvendo nossos monstrinhos preferidos. Pelo título você já sabe que não é coisa boa.

Os suicídios de Lavender Town vão muito além do que você imagina. Para refrescar a memória daqueles que não se lembram, Lavender é a cidade da primeira geração de Pokémon onde fica a torre de pokémon fantasmas, um cemitério por assim dizer. E como se isso já não fosse o bastante, grandes mistérios rondam a cidade.

Você deve se lembrar da teoria sobre o Ratata/Raticate do Blue (Gary, para muitos). Segundo a lenda, ao encontrar com seu rival na cidade de Lavender, ele pergunta se você sabe como é perder um dos seus pokémon. A última batalha entre vocês ocorreu no S.S Anne e daí por diante ele nunca mais usa o Raticate. Será que você o matou e ele estava ali para enterrar o amigo? Você devia se envergonhar!

Apesar dessa ser também uma boa lenda para hoje, não está nem perto do que vem por aí.

Os primeiros indícios das Conspirações de Lavender, também conhecida como a Síndrome de Lavender, remontam à uma série de histórias e vídeos do CreepyPasta, site com uma série de relatos e histórias assustadoras. Segundo o site, as versões japonesas dos primeiros jogos de Pokémon, Red e Green, continham uma música tema da cidade diferente da que conhecemos hoje, a qual teria sido a causa de vários suicídios de crianças japonesas devido à uma frequência misteriosa, até que tudo isso foi encoberto.

A primeira edição dos jogos foi lançada em fevereiro de 1996. Pouco tempo depois chegou aos Estados Unidos como Pokémon Red e Blue, já com uma versão diferente da música original de Lavender, feita por Junichi Masuda. Daí por diante virou uma febre internacional, inclusive aqui em terras tupiniquins. Mas só foi em 2008 que surgiram discussões em fóruns a esse respeito. Em 2010, um usuário do creepypasta publicou uma história relatando os 100 suicídios de crianças japonesas entre 10-15 anos poucas semanas depois do lançamento dos jogos no Japão. A partir daí se espalhou pela internet, em sites como o KnowYourMeme, blogs e mais recentemente na Desciclopédia.

O tal relatório do detetive do creepypasta indica casos de jogadores que, após jogar as fitas por algumas horas, manifestaram sintomas de dores de cabeça, violência, sangramento nos olhos e ouvidos, alterações do humor, reclusão, apatia e em alguns casos até tendências suicidas. Até então não se sabia a causa, e aposto que a mais óbvia seria cansaço por jogar tantas horas seguidas, pelo que os asiáticos são bem conhecidos. Mas esses problemas ocorreram logo após os jogadores chegarem à Lavender e, mais especificamente, naqueles que usavam fones de ouvido.

O texto continua relatando casos perturbadores de alguns jogadores. Um deles fala de dois amigos que haviam notado algo diferente nas frequências da canção, mas não sabiam identificar o que a tornava tão bonita. Pouco tempo depois, um deles foi achado morto e em seu computador um arquivo de som da música levemente alterada foi encontrado.

A explicação científica para essa loucura está relacionada às batidas binaurais, “sons que necessitam de fones de ouvido e que estimulam o cérebro”, segundo a Wikipedia. O abuso deste tipo de sons é extremamente perigoso. Apesar disso, não há provas concretas que essas batidas levam alguém a se suicidar ou qualquer coisa do tipo. Há quem acredite também em mensagens subliminares, como aqueles discos antigos que tocados ao contrário revelam uma mensagem satânica, por exemplo.

Numa tentativa de revelar provas sobre esses casos, muitos vídeos surgiram na internet com trechos da canção. A maioria deles tenta revelar o que há nessas frequências que podem deixar alguém maluco, enquanto outros nem ao menos reparam. O melhor deles, entretanto, é do rapaz que resolveu passar o arquivo encontrado no computador do amigo por um espectograma e encontrou algo ao mesmo tempo sensacional e assustador escondido. A coisa fica séria a partir de 8:40 de vídeo. Veja por sua conta em risco.

Assustador, não é? Talvez. Eu não recomendo que você escute essa música por muito tempo ou com fones de ouvido, por exemplo. Mas se você conhece o mínimo de pokémon, sabe que os Unown, que aparecem na frase “Leave Now” (saia agora), são da segunda geração de monstrinhos e estão ali só numa tentativa de amedrontar os mais fracos. Obviamente o “trecho perdido” também não pode ser apresentado como prova concreta de qualquer coisa. Mas se eu aprendi algo com a Lenda do Missingno é que há muita coisa nas fitas que não deveriam estar lá. Se ainda estivéssemos nos anos 90 essa história deixaria muita gente sem dormir, ou não?

29 pensamentos sobre “Os Suicídios da Cidade de Lavender – Lendas do Pokémon

  1. Pingback: Links da Semana | Tec-cia

  2. No site Passagem Secreta, há um artigo sobre a música de Lavender Town. Diz que é possível, com certo tipo de programa, transformar imagens em sons. O cara deve ter pego a imagem, transformou num som, inseriu no áudio original do local, passou no espectograma e gravou o vídeo. Procurem essa postagem na net.

    Curtir

  3. ai baixei a versao do japao na deep web (o unico lugar que eu encontrei)e tinha essa musica na sidade e tbm quando vc zerava o jogo a musica ficava tocando sem parar vim num blog que a musica ficava tocando por 10 horas…
    mais nao fiquei esperando pra vers

    Curtir

    • tipo minha amiga ficou com sensação de inchasso dor na cabeça ouvido teve outra que tava com a senssação do nariz sangra e eu nem escutei 1 min. minha lingua tava enrolando pra baixo e meu braço tava pipocando por dentro ainiitro e os desenhod significam saia agora

      Curtir

  4. Pingback: Quantos Anos Tem o Ash? – Lendas do Pokémon (Especial) - Nerd Revollution

  5. Eu cortei(No movie Maker) a parte final desde o fantasminha com os Unown, até o fim.
    Fiquei ouvindo de fone, alto, sem parar…. Pq salvei e deixei no modo repetição… Ouvi por MAIS DE 1 HORA, sem interrupções! Meus sintomas foram gradativos, mas foram esses:

    Comecei a sentir dores de garganta leves, comecei a ficar tenso, lacrimejei por um dos olhos…
    Comecei a ficar agressivo depois, ansioso, viciado no ritmo….
    Passei a ficar triste e depressivo, ai comecei a sentir dores do ombro… na junta com o pescoço…

    Depois meu rosto ficou doendo e meus olhos ardendo e comecei a chorar involuntariamente… Comecei a me assustar fácil sempre que a musica recomeçava, e fiquei desmotivado pra caralho, sem energia… E depois senti uma pontada na costela e fiquei com medo, achei que eu fosse surtar!

    ~Amigo que tava ouvindo também, relatou que tava sentindo os mesmos sintomas que senti, ele começou depois, ele me disse para parar, e me deitar e ouvir uma outra coisa… É o que estou tentando fazer, mas não sei se estou relaxando muito bem… Ainda to tenso pra caralho! E o ritmo não sai da minha cabeça! ~

    Quem não crê, tente… Todos são livres a fazer.. .Achei que fosse ser divertido, mas n gostei mto agora da merda que fiz, aos que tentarem boa sorte e saibam seus limites… E aos que não tentarem, bom…Ai não tem problema…

    Só acho que em meio a um jogo naquela parte chata e com pessoas de anos menores como os citados na reportagem, e com mente fracas, se afetaram mais…

    Eu não fiquei tão tenso pq estava parado só ouvindo, não tava em um jogo, nem fazendo nada que me afetasse psicologicamente… Também tenho ja 18 anos! =P Well.. Flws… Cuidem-se galera! ><"

    Curtir

  6. ouvir essa musica e logo viciei nela e nao conssigo tirar o ritimo da minha cabeca e vivo cm dores de cabeca e ouvido sem fone e um coisa ja com fone e outra…

    Curtir

  7. Eu só sei que, nunca tive medo dessa música, e nem tenho, mas uma vez que eu fui dormir a música não saia da minha cabeça, não sei o que houve, eu tentava esquecer, mas não consegui.

    Curtir

  8. minha irmã ouviu essa musica e disse que não sentiu nada…mas é porque ela não escutou com fones de ouvido.ehe matei o ratata dele, sou uma assassina pokemon.em pokemon fr/lg tambem acho a musica atual de lavender um pouco assustadora hihi ah tem mais uma coisa.lavender não significa roxo?
    comentàrio grande de mais

    Curtir

  9. Penso Que cada uma faz sua cabeça, escolhe o que quer ser ou não quer ser e a música ñ levou a nada apenas um toque normal, se fosse surta que controle seus pensamentos…

    Curtir

  10. Pingback: Quantos Anos Tem o Ash? – Lendas do Pokémon (Especial) | Nerd Revollution

  11. Pingback: Pokémon é Coisa do Demônio – Lendas do Pokémon | Nerd Revollution

  12. A creepypasta é falsa. Ninguém se suicidou. O problema é que há uns trechos de 15 segundos que possui uma sequência de sons agudos que só os jovens e crianças podem ouvir, pois não possuem a audição completamente desenvolvida. Daí, por causa desses tons agudos, a cabeça pode doer. Nada mais. Consigo ouvir esse trecho e tenho 13 anos, só ganhei de presente uma dor de cabeça leve…

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s